RLP

Provedor de Liquidez

O Provedor de Liquidez para o Varejo (RLP, da sigla em inglês) é um serviço disponibilizado gratuitamente para os clientes da Rico no envio de ordens na Bolsa de Valores.

Como o RLP funciona?

  • Atuando como um “facilitador” de ordens de Renda Variável, o RLP aumenta as chances de que essas ordens sejam executadas no melhor preço desejado, o mais rápido possível. Esse serviço está disponível de forma gratuita para todos os clientes Rico.


    Garantimos que todas as ordens atendidas pelo serviço serão executadas sempre em preço igual ou melhor ao desejado pelo cliente, em respeito ao princípio de Melhor Execução (Best Execution).


    O RLP respeita a prioridade na fila de ordens enviadas pelos nossos clientes: ou seja, ele não será ativado em uma ordem caso haja liquidez no livro de ofertas e exista a possibilidade de um cliente Rico ser atendido por esta ordem.

Vantagens do RLP

  • Aumento das chances de que as ordens feitas por clientes da Rico sejam executadas mais rápido na Bolsa de Valores, no melhor preço desejado.

  • Execução de ordens sempre a um preço melhor ou igual ao solicitado pelo cliente.

  • Corretagem zero em minicontratos de índice e dólar.

  • Benefício disponível apenas nas corretoras que atendem às exigências da B3.

Números do RLP na Rico

    Mini índice

  • 8,2 mil

    clientes Rico beneficiados

  • 5,78 milhões

    de contratos executados

  • 1,21 milhões

    ofertas executadas

  • 634,33 mil

    contratos melhorados

  • 101,5 mil

    ofertas melhoradas

  • 9,1 mil

    clientes de varejo no produto

  • 6,4 mil

    clientes com melhora

  • 89 %

    dos clientes Rico atendidos

    Mini dólar

  • 4,3 mil

    clientes Rico beneficiados

  • 695,75 mil

    de contratos executados

  • 189,01 mil

    ofertas executadas

  • 49,3 mil

    contratos melhorados

  • 4,3 mil

    ofertas melhoradas

  • 4,8 mil

    clientes de varejo no produto

  • 1,6 mil

    clientes com melhora

  • 90 %

    dos clientes Rico atendidos

Para ver os dados dos últimos seis meses, clique aqui
Para mais informações, consulte aqui